Assassinato de remadora inglesa e a importância do rastreador por satélite

Publicado em por Amandina Morbeck em Cotidiano |  
Emma Tamsin Kelty

Selfie de Emma, com o Rio Solimões ao fundo, feita no dia 5 de setembro – Reprodução.

No dia 13 deste mês, uma ex-professora inglesa chamada Emma Tamsin Kelty, de 43 anos de idade, foi assassinada às margens do Rio Solimões no Amazonas. Desde fevereiro ela remava a partir dos Andes Peruanos em direção a Iquitos, também no Peru, de onde continuou a navegação rumo a Manaus – dali, sua intenção era seguir até Belém do Pará e finalizar a aventura. Leia mais

Filme: First they killed my father – dirigido por Angelina Jolie

Publicado em por Amandina Morbeck em Filmes/Documentários |  
Sareum Srey Moch, protagonista do filme, em seu primeiro trabalho na telona. Ela foi descoberta numa escola para estrear no filme First they killed my father - Foto: Reprodução.

Sareum Srey Moch, protagonista do filme, em seu primeiro trabalho na telona. Ela foi descoberta numa escola para trabalhar no filme – Foto: Reprodução.

Sou fã de Angelina Jolie e contava os dias para 15 de setembro, data para a Netflix liberar o filme First they killed my father (Primeiro, mataram meu pai, em tradução livre), dirigido por ela e lançado em fevereiro deste ano. Apontar um ou outro erro num filme com mais de duas horas de duração é relativamente fácil, mas contar uma história com o nível de densidade que consegue transmitir o sofrimento do povo cambojano num tempo tão curto não é.

Ainda mais quando a escolha é fazer isso através dos olhos de uma criança que, com apenas 5 anos de idade, viu ruir sua estrutura familiar, a vida confortável e alegre que compartilhava com os pais e os seis irmãos e toda a noção de pátria que havia construído em sua breve existência e que foi implodida nos quase 4 anos seguintes sob domínio do Khmer Vermelho, um sistema comunista que pregava a união do país e a igualdade, mas que na verdade espalhou destruição e violência e matou aproximadamente 2,2 milhões de pessoas. Leia mais

O cheque do Stephen King

Publicado em por Amandina Morbeck em Curiosidades |  
Stephen King.

Foto: Reprodução – Maja Hitij/Corbis

O filme It: A Coisa, baseado no livro It do escritor Stephen King, bateu recorde de bilheteria nos Estados Unidos – arrecadando mais de US$ 50 milhões no primeiro dia de exibição – e terá continuidade com os personagens mirins, dessa versão, já adultos. Quem assistiu diz que é realmente muito assustador, mas não é por causa desse auê em torno do filme que quis escrever este post. A questão é que sempre que ouço o nome de Stephen King lembro-me de um fato que aconteceu quando eu morava nos Estados Unidos. Leia mais

Filme: O Sal da Terra – Sebastião Salgado

Publicado em por Amandina Morbeck em Filmes/Documentários |  
Cartaz do documentário O Sal da Terra - Sebastião Salgado - Reprodução.

Cartaz do documentário – Reprodução.

Assisti ao documentário O Sal da Terra, sobre o fotógrafo Sebastião Salgado, em etapas. Não por ser demasiado longo, pois tem pouco menos de duas horas, mas porque é denso, porque as imagens registradas pelas lentes desse fotógrafo mineiro, principalmente nos primeiros dois terços da narrativa, são fortes, difíceis de ser vistas, de realidades difíceis de ser digeridas. Leia mais

Filme: Oranges and Sunshine

Publicado em por Amandina Morbeck em Filmes/Documentários |  
Pôster do filme Oranges and Sunshine, com Emily Watson.

Pôster do filme Oranges and Sunshine, com Emily Watson.

Oranges and sunshine é mais um desses filmes que apelido de “soco no estômago”, baseado numa história real e tendo como protagonista a atriz Emily Watson. Eu o assisti ontem à noite no Netflix e me dividi entre muito emocionada e muito enfurecida.

Ele é baseado no livro Empty cradles (Berços vazios, em tradução livre), lançado em 2007 pela inglesa Margaret Humphreys, que descobriu um esquema criminoso e vergonhoso de envios de crianças do Reino Unido para a Austrália. Apesar de conhecido pelas autoridades, a forma como foram realizados nada tinham de legalizados. Leia mais

O plugin Yoast SEO sumiu após a atualização?

Publicado em por Amandina Morbeck em Mundo digital |  

Banner plugin Yoast SEO WordPress.Levei um susto esta semana quando fiz uma atualização do plugin Yoast SEO (WordPress) no site de um cliente e ele simplesmente sumiu da lista de plugins. “Tudo bem”, pensei, “é só pedir para reinstalar”. Só que quando fui adicionar novo plugin, apareceu a mensagem: “Instalação falhou: a pasta de destino já existe”. Como assim? Leia mais

Mídias sociais: taxa de engajamento x número de fãs, de curtidores ou de seguidores

Publicado em por Amandina Morbeck em Mundo digital |  

Meu trabalho, conectado ao mundo digital, vem sendo construído ao longo de alguns anos e uma das grandes “pegadinhas” quando falamos sobre mídias sociais está na diferença entre taxa de engajamento versus número de fãs, de curtidores ou de seguidores de uma página no Facebook, de um canal no YouTube, de um perfil no Twitter etc. Leia mais

6 motivos para o movimento feminino

Publicado em por Amandina Morbeck em Cotidiano |  

6 motivos para o movimento feminino - vídeo do New York Times.

O jornal New York Times publicou um vídeo no qual lista os 6 motivos para o movimento feminino continuar e que transcrevo abaixo porque são muito importantes para refletirmos e fazermos algo para mudar essas estatísticas. Leia mais

iPhone velho de guerra

Publicado em por Amandina Morbeck em Cotidiano |  
iPhone velho de guerra - Nunca vi um iPhone nesse estado de destruição - Fotos: Amandina Morbeck.

Até hoje, nunca havia visto um celular nesse estado de destruição – Fotos: Amandina Morbeck.

Hoje, saí com um amigo para fazer umas fotos de um terreno e ele pegou emprestado o celular de sua mãe porque seu iPhone velho de guerra, ele me disse, estava “um pouco detonado”. Mas essa “um pouco” foi um eufemismo da parte dele. Levei um baita susto quando ele me mostrou o estado no qual o coitado se encontra. 🙂 Leia mais

Por que ter um website?

Publicado em por Amandina Morbeck em Websites |  
Por que ter um webstie? Porque ainda é a forma mais efetiva de comunicação com o mundo.

Websites ainda são a forma mais efetiva de comunicação com o mundo – Imagem: AdobeStock.

Com o surgimento das mídias sociais e principalmente com o crescimento do Facebook como referência, empresas, profissionais liberais, artistas, autônomos etc., começaram a se perguntar por que ter um website se podem publicar qualquer coisa nesses canais, de graça e para um monte de pessoas de uma vez. Leia mais