Meu kit de corrida na montanha

Publicado em por Amandina Morbeck em Cotidiano, Saúde
Meu kit de corrida na montanha - Foto: Amandina Morbeck.

Foto: Amandina Morbeck.

Faço meus treinos religiosamente onde vivo, na Serra da Mantiqueira, e vira e mexe alguém sempre pergunta como é meu kit de corrida. Hoje, juntei a maior parte dele para fazer foto acima, onde vemos:

  • porta-squeeze
  • squeeze
  • monitor cardíaco Polar com fita
  • camisetas dry fit
  • bermuda
  • par de tênis (veja aqui por que escolho Nike)
  • par de meias

Em relação à estação ou à temperatura, a variação é que em dias com temperatura mais baixa, dou preferência a legging e a camiseta de manga comprida, que pode ser uma segunda pele. Se estiver muito frio, corro com uma jaqueta leve.

Coopertone Ultraguard 70 - Não saio de casa sem ele - Foto: Divulgação.

Não saio de casa sem ele – Foto: Divulgação.

O que não aparece na foto e que acompanha minha rotina:

– celular, onde fica o aplicativo Runtastic – que uso para monitorar qualquer atividade física que faço (corrida, caminhada, bicicleta) -, pois precisei dele para fotografar

– boné, pois não é todo o dia que uso

– protetor solar Coppertone Ultra Guard 70+ (veja aqui como funciona a proteção desses produtos)

– Gatorade ou i9 – dependendo do que encontro no supermercado -, que sempre bebo ao final da corrida

Vejo muitas pessoas praticando atividades físicas sem se preocuparem com hidratação e não existe um especialista, um atleta, um treinador, um médico que fale para alguém que ele(a) isso é desnecessário. Pelo contrário! Mas ainda assim, é incrível como grande parte prefere ignorar as recomendações.

No meu kit está um item valioso demais para mim e para todos que levam o treinamento físico a sério: o monitor cardíaco. Ele serve não só para nos auxiliar a atingir as metas que queremos, mas principalmente para não estressarmos o coração, para que ele não vá além do condicionamento que tem e alcancemos os resultados positivos que esperamos. Sobre isso, outro dia, assistindo a um vídeo no qual o tenista número 1 do mundo (nesta data) Andy Murray treinava, fiquei surpresa ao ver que ele usava uma fita da Polar, como mostra a imagem abaixo. Agora, se monitorar o coração é importante para um atleta de altíssima performance como ele, o que dizer em relação a uma aprendiz de corredora como eu? Pois é…

Andy Murray parece não se descuidar do monitoramento cardíaco - Foto: Reprodução.

Andy Murray parece não se descuidar do monitoramento cardíaco – Foto: Reprodução.

Bom, não está no kit, mas fiz antes de começar meu treinamento, bem lá atrás, e repito todos os anos: teste de esforço ou teste ergométrico. Saúde envolve muitas variáveis e exercício físico é uma parte dela. Saber como está o sistema cardiorrespiratório antes de começar qualquer atividade é um ato de responsabilidade e de respeito consigo.

(Texto: Amandina Morbeck)

banner - 30 dias de meditação numa selva na tailândia - e-book

Leia também:
Morte súbita durante atividade física
Sou muito fã da Nike


Comentários – Facebook

Deixe seu comentário